Prévia de Steelers vs Broncos

O confronto que muitos apostaram que iria acontecer, mas não da maneira que muitos gostariam que acontecesse. Se de um dos lados temos a volta de Peyton Manning no comando do ataque dos Broncos, de outro temos a certeza da baixa de Antonio Brown (Concussão) e a incerteza se os Steelers irão contar com a presença de Big Ben Roethlisberger, que só saberemos se irá jogar no Domingo, às 19:30h (horário de Brasília), no Sports Authority Field at Mile High, com transmissões da ESPN e do Esporte Interativo.
Pittsburgh Steelers
Os Steelers estão nesse Divisional Round devido mais a incompetência e a deslealdade de alguns jogadores do Cincinnati Bengals, entre eles Vontaze Burfict (suspenso por 3 jogos) e uma recepção duvidosa para Touchdown de Martevis Bryant, do que o próprio merecimento. Por mais que as faltas no final do jogo tenham os ajudados a estarem no jogo contra o Denver Broncos, as mesmas foram as responsáveis por enfraquecerem seu poderoso ataque.
Sem LeVeon Bell por boa parte do Campeonato, sem DeAngelo Willians para os Playoffs, o Steelers dependiam e contavam muito com Antonio Brown e Big Ben, mas a dupla não estará presente no jogo desse Domingo. Big Ben ainda é dúvida por conta de uma lesão no ombro e só saberemos da sua escalação somente no próprio Domingo antes do jogo, e Antonio Brown fica fora da partida por conta de uma concussão, causada por Burfict, em uma das faltas cruciais para a vitória do time de Pittsburgh.
Mesmo com Ben Roethlisberger, as jogadas de ataque dos Steelers devem ser em torno dos WR Martevis Bryant e Markus Wheaton e do sempre solicito Tight End Heath Miller, que sempre quando acionado da conta do recado. Entretanto o ataque dos Steelers depende bastante de seu jogo corrido, e sem seus dois principais carregadores, a conta fica novamente com Fitzgerald Toussaint, que foi bem contra os Bengals, mas enfrenta um dos melhores Front Seven da liga no próximo jogo.
Já na defesa não sabemos se eles estão felizes ou não com o retorno de Peyton Manning, já que contra Bronck Osweiler a unidade teve um grande apagão que quase custou a derrota da equipe para o mesmo Denver Broncos, mas que independente de qual for, vai estar preparada para segurar Demarius Thomas e Emmanuel Sanders, já que o jogo corrido de Denver esse ano vem mal.

Denver Broncos
Se nos dois últimos anos o Denver Broncos deve suas campanhas ao ataque comandado por Peyton Manning, o mesmo não pode ser dito nessa temporada. Os Broncos tiveram o descanso durante o Wild Card, e agora o jogo em seus domínios, graças a sua forte defesa e essa deve ser a sua principal unidade contra o Steelers, ainda mais que seu trabalho foi facilitado com a ausência de Antonio Brown e, mesmo que vá pra jogo, com a Lesão de Big Ben Roethlisberger.
Porém nem tudo são flores para o time comandando por Gary Kubiak, e a dúvida gira em torno especialmente de sua grande estrela, o QB Peyton Manning. Não é surpresa pra ninguém que o desempenho do ataque dos Broncos depende muito da genialidade de seu Quarterback e esse não teve um final de ano muito bom.
Antes de sua lesão, Manning teve um desempenho muito abaixo daquele jogador que quebrou vários recordes, sendo interceptado em vários jogos, tendo somente faísca de tudo do que pode fazer contra os Packers, mas fora isso foram somente decepções e sendo carregado por sua fortíssima defesa. Com sua lesão surgiu Brock Osweiler, que não teve atuações memoráveis, mas conseguiu cinco vitórias que ajudaram a manter o time no Seed 2 da Conferência Americana, uma dela contra o único time acima deles, o New England Patriots, porém amargaram algumas derrotas sofridas, entre elas, uma contra o mesmo Pittsburgh Steelers que irão jogar no Domingo.
Por conta desse cenário, desencadeou uma pequena discussão entre os amantes do esporte em quem deveria comandar o ataque do time de Colorado, muitos defenderam Brock Osweiler, mas quem iniciará a partida é Peyton Manning.

O Confronto
Em qualquer casa de apostas, deve ser nítido que muitos estão dando como certa a vitória dos Broncos contra os Steelers, mas quase todos se esquecem de que um enfraquecido Pittsburgh Steelers venceu um dos melhores times da temporada, o Arizona Cardinals, em Glendale.
Mas naquele jogo contra os Cardinals, os Steelers contavam com um dos seus melhores jogadores, LeVeon Bell, o que não irá ocorrer no Domingo e por conta disso devem apostar em passes para seus recebedores, e é ai aonde deve se encontrar a Tônica da partida, onde os mesmo recebedores de Pittsburgh irão disputar uma batalha a parte contra a secundária dos Broncos, em especial o embate entre Martevis Bryant e Chris Harris.
O jogo corrido também é um ponto crônico em Denver, o que deve fazer com que os Broncos explorem mais seus recebedores, ainda mais com Demarius Thomas e Emmanuel Sanders descansados, mas não saberemos qual Manning irá para o jogo, e dependendo de como ele se portar, pode estar ai a chave para uma improvável vitória dos visitantes.
Pode ser que CJ Anderson e Ronnie Hillman tenham um dia inspirado, como foi contra o Patriots, o que facilitaria o trabalho do ataque e tiraria um pouco do peso das jogadas de Peyton Manning, dando brecha para que surja a sua genialidade nas leituras e jogadas.
Mas tendo como base o cenário normal da partida, podemos acreditar que o jogo tenha uma característica defensiva, onde as principais jogadas podem vir de Sacks, Fumbles e principalmente Interceptações, além de que um Field Goal pode ser o diferencial para a vitória, ainda mais que com a altitude de Denver, aonde não seria loucura alguém Head Coach apostar em FGs de 40 jardas ou mais.

Posts Relacionados