Motivos da baixa produção do New England Patriots 2017

    A maior surpresa da NFL até agora (talvez junto ao atual 0 – 4 dos Giants) tem sido o pobre desempenho  da equipe do New England Patriots. Ofensivamente é um bom time, mas sem sua peça mais “braçal” no jogo aéreo. Defensivamente é um desastre completo.

    No momento, New England está se encaminhando para ter a pior defesa da história da NFL. Sim, da história. Até o final da temporada, esse maravilhoso posto é da defesa do New Orleans Saints de 2012, que cedia 440,2 jardas e 28,4 pontos por jogo. Até agora (semana 4), a defesa do time de Boston tomou 456.8 (!!!!) jardas e 32 (!!!) pontos por jogo. A média é de 132 jardas corridas e 324 jardas passadas para os adversários. Duas coisas importam aqui:

 

1 – Os Patriots sofreram mais pontos de ataques que não são considerados de elite na liga: Texans, Panthers e Chiefs;

 

2 – Nunca antes uma defesa de Bill Belichick foi tão medonha. Importante lembrar que ele já foi Head Coach dos Browns.

 

    O que fez essa defesa cair tanto assim de produção?

 

    “O New England Patriots ganhou a Free Agency”

    Não ganhou. Aliás, passa bem longe disso. Perdeu 3 bons pass rushers (Ninkovich, Long e Sheard) e tentou compensar isso com Kony Ealy (vindo dos Panthers por uma escolha de segundo round) e com os calouros Derek Rivers e Deatrich Wise Jr., oriundos do Draft. Bom, Rivers era o mais promissor e se machucou na preseason. Ealy foi liberado, pois simplesmente não tinha o que era necessário (mas está jogando bem no New York Jets). Wise Jr. é o único em atividade e provavelmente é o melhor pass rusher do time até agora. Quanto a Rivers, realmente não há muito o que fazer, enquanto a trade por Ealy para liberá-lo antes do início da regular season foi um choque. Significa que Belichick errou, o que deixa a torcida bastante preocupada.

    Outro erro notável até o momento foi a adição do CB Stephon Gilmore, que não fez nada para merecer seus 40 milhões garantidos. Gilmore tem uma interceptação em quatro jogos, vários erros de cobertura e comunicação, e uma falta que custou o jogo contra Carolina. Era melhor ter dado o dinheiro que Logan Ryan queria e ficar com um bom jogador, que já conhecia bem o sistema.

 

    Matt Patricia

    Sim. Com um estilo extremamente conservador (mais do que o normal), o DC dos Patriots vem errando constantemente nas estratégias de jogo. Além disso, jogadores da defesa têm apresentado sérios problemas de comunicação e assignments (funções), e isso nas costas do coordenador.

 

           O time não para nem a corrida e nem o passe

           A ideia de jogar em Cover 1 a vida toda é lindíssima, se o seu front fizer um bom trabalho pressionando o QB adversário. Se não fizer, bem… são 458 jardas tomadas por jogo, e apenas 3 sacks. A média da liga é de 5 sacks.

           Seguindo a lógica, o número de jardas passadas que o time vem sofrendo é razoável, por claros problemas na DB e no pass rush. Junto a isso, há um problema sério quando a corrida também não é parada. Nem as internas, e os Patriots têm bons DT’s. Nada dá certo. E é aí que a mente engenhosa de Bill Belichick deveria trabalhar.

           Algo que deve ser levado em consideração são as lesões constantes de Dont’a Hightower. E até quando estava em campo, não apresentou grande trabalho.

           No ataque, Brady parece melhor do que nunca. Mas a ausência de Julian Edelman claramente está sendo sentida. Gronkowski tem jogado bem, assim como Amendola e Hogan vem desempenhando bons papéis quando são requisitados. Já quem não vem sendo acionado da maneira que se espera é Brandin Cooks. A torcida espera ver o camisa 14 mais envolvido no jogo aéreo, já que ele já provou ter qualidade.

             O destaque negativo fica por conta da queda de desempenho da OL e do TE Dwayne Allen, que anota mais drops do que recepções até o momento.

             A verdade é que o time se encontra numa situação inesperada e desesperadora. Brady ainda é capaz de ganhar jogos de maneira consistente, mas a defesa precisa fazer seu trabalho. É aí que está o problema da atual fase do New England Patriots.

Posts Relacionados